Do medo à esperança

21 jun
Mas, afinal, o que se pode esperar do segundo semestre? E de 2017? Colocados diante de tais perguntas empresários e executivos debatem-se, hoje, em dois extremos: o medo e a esperança. No setor automotivo, conforme ficou evidenciado no Seminário Revisão...
Continuar lendo »